Lentes Mecânicas em DSLR

adaptações, uso, reviews

Jupiter 8 – A pequena maravilha

leave a comment »

Jupiter 8 – A pequena maravilha

Há muitos anos, usando a Kiev 4 comprada no eBay, fiquei encantado com a lente Jupiter 8, 2/50. A forma como transpunha as coisas, principalmente os retratos era sublime. Quando a câmera chegou coloquei um filme que tirara da Zenit, porque a Zenit estava com um problema em disparar e aqui em casa mesmo fotografei meus filhos. Até hoje olho as fotos e fico bobo com os contrastes, as cores, etc.

Uma das fotos desse filme:

07840024

 

Porém, o tempo foi passando e um dia a Kiev travou. Tem conserto? Provavelmente, mas neste mundo digital e sendo cada vez mais difícil revelar terminamos adiando e adiando, até que já nem mais pensamos no assunto.

Porém, recentemente comprei uma Panasonic GF1, só para brincar, e ao mesmo tempo comprei uma Jupiter 8 2/50. Diferente da que eu também tenho, esta é da rangefinder russa de rosca, enquando a primeira é de baioneta e não tem regulagem de distância, que é no corpo da Kiev. Nesta versão de agora há uma regulagem de distância.

É claro, a Jupiter que na Kiev  ou na de rosca é uma lente Normal, na Panasonic ela é uma lente de retratos sublime, porque nesta torna-se, pelo sensor bem menor que o filme, equivalente a uma 100mm.

P1130908.RW2_DxOFP

 

Anúncios

Written by Ivan de Almeida

15 de janeiro de 2016 at 20:26

Publicado em Não categorizado

Helios 44m6, parte 2.

with 4 comments

Há alguns dias escrevi um pequeno release sobre a Helios 44m6 aqui mesmo no Blog:

Helios 44m6.

Este segundo post veio em função da incrível resposta da lente em uma série de retratos que eu fiz no último Sábado, 18 de Novembro.
As fotos tem praticamente nenhum tratamento, senão a conversão defautl do raw, seguindo-de do ajuste do WB em função de terem sidas feitas na técnica UniWB, que requer este ajuste posterior.
Não houve tratamento localizado ou intervenções mais aprofundadas.
Mais uma vez a lente surpreendeu muito, mostrando excelente qualidade de resposta em boa luz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

***
Obrigado por ver.

Written by peridapituba

18 de novembro de 2012 at 22:20

Publicado em Lentes.

Tagged with ,

Helios 44m6.

with 2 comments

A Helios é uma objetiva abundante, em todos os sentidos.

Boa resposta em qualquer condição de luz, fácil de usar, construção robusta, é uma lente compacta e leve e, o melhor de tudo, baratíssima, o que faz com que a confundam como uma lente inferior por causa de seu preço quase que insignificante (paguei R$ 50,00 na minha).

Ultimamente, por estar fotografando bastante com uma Flektogon 35/2.4, minha Helios estava um pouco sem uso.
Além disto devido ao calor intenso o óleo interno escorreu para as lâminas do diafragma o que fazia com que a abertura não funcionasse 100% quando eu girava o anel, que prendia e eu tinha de fechar ou abrir mexendo no pino traseiro da lente.

Por causa disto, fiz uma revisão e ela voltou tinindo de nova, totalmente operável, o que me deu uma enorme vontade de usá-la.

No último fim de semana fiquei cerca de 3 dias fotografando bastante com ela e as imagens como sempre foram ótimas, ímpares.
É, de fato, uma lente muito boa por tudo que oferece e que dá gosto de usar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Written by peridapituba

6 de novembro de 2012 at 23:59

Publicado em Lentes.

Tagged with

Super Takumar 35/3.5.

leave a comment »

Written by peridapituba

20 de agosto de 2012 at 0:05

Publicado em Não categorizado

O dilema do filme.

with 4 comments

Há algum tempo que eu estava com vontade de fazer algumas imagens em filme, e cheguei a comentar com alguns amigos.
Então, comprei um rolo de filme no dia 09-12-2011,um Kodak Ultramax 400 24 poses.
Queria um filme rápido nos 2 sentidos, na velocidade e no número de poses.
Pensava que iria levar algum tempo para queimá-lo, mas em 2 dias consegui fotos para finalizá-lo.

A luta é depois …

Pus pra revelar no dia 12-11-2011 e tive de esperar 2 dias pra pegar o CD com as imagens escaneadas e gravadas em alta resolução.
Quando a gente vê os resultados sempre se anima, mas quando passa pelo processo vê a penúria que é fotografar com filme hoje em dia.
Da compra à vista das imagens, levando-se em conta que logo se queima o rolo, leva-se pelo menos 3 dias (na melhor das hipóteses 2 dias), enquanto que no digital é uma seção de fotos e a visualização/postagem é praticamente imediata.
Isto motiva e quando se está em fase de um estudo onde o tempo de visualização das imagens é capital o digital tem uma vantagem inestimada.

Sem contar nos custos envolvidos.
Não que o sistema digital não possua custos, mas a diluição no tempo em que se fotografa o torna praticamente nulo.
No filme, tomando como exemplo este caso útilmo, foram R$ 10,00 do rolo com mais R$ 15,00 da revelação e escaneamento em alta.
R$ 25,00 num rolo de 24 poses, um pouco mais de R$ 1,00 por foto se pensarmos que todas serão aproveitadas.

Muitas vezes a paixão se sobrepõe à razão, mas fotografar com filme hoje em dia tem de ser pensado …

Todo rolo foi feito com uma Minolta Maxxum 5 e uma Helios 44M6.

Written by peridapituba

14 de dezembro de 2011 at 14:43

Publicado em Generalidades.

Saboreando a Helios.

leave a comment »

Estas 2 fotos aqui mostradas foram feitas depois de uma conversa com um amigo que mora lá em João Pessoa-PB, o Marcos Borges Filho.

Hé cerca de 1 ou 2 anos atrás eu ganhei de outro amigo, o Pikyto, uma Zenit 122 com uma Helios 44M7.

A máquina tinha sido usada por ele anos atrás e usada também quando suas filhas estavam aprendendo a fotografar e estava encostada na casa dele há coisa de anos.

Usei-a durante algum tempo, inclusive fazendo fotos muito bacanas e depois presenteei-a ao Marcos.

Freqüentamos uma sala destinada a lentes mecânicas no fórum DigiForum e a gente sempre comenta sobre o poder de fogo da Helios, uma lente que eu gosto demais, principalmente no que diz respeito a imagem que produz, que não deve em nada a muita lente famosa que existe por aí.

Me lembrei das conversas com o Marcos e outros amigos e fiz as 2 imagens ontem de noite.

Novamente a lente surpreendeu; é realmente uma das que eu mais gosto.

A minha versão é a 44M6.

Aqui mesmo no Blog existe um review sobre ela feito pelo Ivan.

Written by peridapituba

25 de novembro de 2011 at 10:04

Publicado em Generalidades.

Fed 50/3.5 (Industar 10)

with one comment

Image Hosted by ImageShack.us

Sempre tive a curiosidade de experimentar a ótica das primeiras Elmar ou suas cópias. Vendo na rede as imagens produzida por estas, principalmente a 50/3.5. tanto em filme como adaptadas a câmeras digitais. Segundo o polêmico Ken Rockwell a Leitz Elmar 50/3.5 foi a lente que iniciou a fotografia em 35mm e acredito que a maior parte das Dslr são derivadas deste formato.

A distância de foco mínima costuma ser em torno de 1 metro e o dof bastante longo, áreas de desfocamento ainda são reconhecíveis . Eram assim o visual das fotografias antigas. Gosto desta linguagem. É possível conseguir o efeito usando algo mais atual, mas aonde fica o prazer de fazer com uma original? (riso). Fotografar com “história”, usando algumas das mesmas ferramentas e tendo as mesma possibilidade e limitações. Por vezes a leitura de uma imagem me leva a sua desconstrução, algo do tipo engenharia reversa e a refaço me colocando no lugar do autor tentando entender melhor as escolhas e muitas vezes revivo um momento que nunca vivi, talvez isto seja parte fotografia viva.

Em uma das andanças encontrei esta lente, como de costume pensando nos prós e contras. O contra é que já possuo algumas lentes na faixa do 50mm que mal uso. O pró foi o preço, apresentava um estado razoável e bem abaixo dos preços de mercado, inclusive o Ebay.

Antes mesmo de pagar já comecei testando dentro da loja.

Image Hosted by ImageShack.us

Prateleira de lentes M42

Em contra-luz ocorre uma certa invasão que reduz o contraste que já considero suave, mas são as características que procurava experimentar, saindo quase que direto da câmera. Uma surpresa foi a nitidez. É uma lente antiga sendo sua fórmula bem anterior a fabricação. Algumas objetivas adaptadas rendem menos nos sensores das digitais.

Image Hosted by ImageShack.us

Ainda pretendo experimentar mais, mas gostei dos primeiros resultados.

Mais algumas obtidas com ela:

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Written by yubokumin

15 de agosto de 2011 at 20:14

Publicado em Lentes.